HOME O BRINCANTE PÚBLICOS CURSOS CONTRATE O BRINCANTE CEDOC EVENTOS NOTÍCIAS CLIPPINGS EQUIPE

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA COM CRISTIANE VELASCO E FERNANDO ALMEIDA

Instituto Brincante / 21.09.2017



MARIA SABIDA E JOÃO DO UIA é a história de uma princesa metida a saber tudo e de um moço com fama de bobo que resolve enfrentar um duelo de boca para se casar com ela. O desafio? Calar Maria Sabida por um minuto.

Quem conta um conto aumenta um ponto, e foi brincando com seus alunos de educação infantil na Casa Redonda a partir do conto tradicional norueguês “A princesa que sempre queria ter a última palavra” que Cristiane Velasco e as crianças aumentaram alguns... Assim nasceu a versão brasileira “Maria Sabida e João do Uia” que desde 2007 vem sendo contada para crianças e adultos.

O reconto é a primeira “história de boca” da contadora que virou livro-CD, ilustrado por Sylvia Vivanco e publicado em 2016 pela editora Panda Books.

 

Dia: Domingo, 8 de Outubro

Horário: 16h às 16h50

Valor: R$ 20 inteira | R$ 10 meia – crianças até 2 anos não pagam

Ingressos ehttp://bit.ly/2xhaser ou pessoalmente na secretaria do Brincante

Local: Instituto Brincante

Rua Purpurina, 412 | Vila Madalena

 

Currículo da ministrante

 

Cristiane Velasco é educadora e contadora de histórias, com especialização em arte educação pela ECA-USP. Trabalhou 12 anos com educação infantil na Casa Redonda e desde 2003 coordena o módulo “Contos e Histórias Tradicionais” do curso “A Arte do Brincante para Educadores”. Integrou a “Cia Palavra Viva: Contadores de Histórias”, dirigida por Regina Machado e participou do CD “Abra a Roda TinDô Lê Lê”, pesquisa e direção de Lydia Hortélio. Durante 15 anos atuou profissionalmente como dançarina de flamenco, com aperfeiçoamento em Madrid. Dedicou-se também ao estilo odissi de dança clássica indiana e às danças e cantos tradicionais brasileiros. Cursou oficinas com diversos contadores de histórias, dentre eles: Dan Yashinsky (Canadá), Andrzej (Espanha), InnoSorcy (África), GilkaGirardello, Kaká WeráJecupé e Daniel Munduruku. Criou e desenvolveu o projeto Dançando Histórias reunindo cantos, contos e danças através de três espetáculos: “Contos Indianos”, “Contos Flamencos” e “Avoou: Contos Brasileiros”. Esta linguagem-fusão caracteriza suas apresentações de histórias até hoje. Escreveu e interpretou o monólogo Aguadouro, dirigido por Ricardo Vieira.

 

Confira AQUI a programação completa da Semana Dedicada à Cultura da Infância.


TAGS: Cursos
ENVIE PARA AMIGO